Zoológico de Cascavel passa por reformas para melhor qualidade de vida dos animais

Algumas obras já foram realizadas este ano e outras iniciadas há pouco mais de um mês
O zoológico Municipal de Cascavel, que comemorou 42 anos no último dia 12 de dezembro, está passando por uma série de reformas em diferentes recintos para melhorar a qualidade de vida dos 350 animais de 73 espécies – entre répteis, aves e mamíferos – que habitam no local. Para o próximo ano, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) pretende fazer uma revitalização completa no espaço.

Algumas obras já foram realizadas ao longo do ano e outras iniciadas há pouco mais de um mês, uma delas é no recinto das antas que está sendo totalmente reformado. As obras compreendem a troca de telas, nova área de manejo e toda a parte de cercamento. Estão sendo investidos R$ 48 mil nessa parte da revitalização.

Outra obra em andamento é a consolidação do novo recinto dos Jabutis, que antigamente ficava perto do museu e agora ficará ao lado do serpentário, visto que era uma área que não possuía nenhum recinto. Nessa área estão sendo investidos cerca de R$ 25 mil.

O médico veterinário Rodrigo Neca Ribeiro, gerente de Vidas Silvestres e Bem-Estar Animal, explica como ficará o novo ambiente dos animais. “Um recinto totalmente novo, com uma área de manejo nova, toda projetada para a chegada do inverno onde serão instaladas as placas aquecedoras e os aquecedores aos répteis e Jabutis. Nós temos esse cuidado pois todo inverno eles eram retirados do local e agora eles terão um espaço só para eles, muito bem planejado.”

Também neste ano, foram feitas as revitalizações dos recintos dos bugios, onde foram investidos aproximadamente 20 mil reais. Os recintos dos grandes felinos também foram ampliados. Outro espaço reformado foi o corredor onde ficavam as araras Canindé. As aves foram remanejadas para um novo recinto e o local ampliado. Agora as corujas estão habitando nesse espaço.

 

Adequação

A revitalização programada para o próximo ano tem como objetivo se adequar aos novos padrões de zoológicos do Brasil. “Será um zoo em um plano de trabalho nacional para manutenção e preservação de espécies e o objetivo para 2021 é a revitalização total do zoológico,” finaliza Rodrigo.

 

Saúde e alimentação

O zoo também passou por uma fase de estruturação que trouxe autonomia para algumas ações. Hoje o Município tem autonomia em procedimentos cirúrgicos. O local possui um centro cirúrgico equipado, com equipamentos para anestesia, onde foram investidos R$ 97 mil. Os animais têm disponibilidade de fármacos de alta qualidade e está previsto, em fase licitatória, o processo de exames laboratoriais. São laboratórios que vão prestar assistência para exames como hemograma, bioquímicos, exames de sexagem, entre outros.

Mais um local que será revitalizado é o ambulatório onde está prevista a colocação de aparelhos de raio-x e ultrassom. Isso trará mais qualidade de atendimento, sem a necessidade de tirar os animais de dentro do zoológico para a realização dos exames.

Também foram investidos R$ 28 mil em uma câmara fria industrial e ainda serão aplicados R$ 40 mil na parte elétrica. Esses investimentos são de extrema importância pois garantem a armazenagem dos alimentos, atualmente mantidos em freezers e refrigeradores pequenos. Com a câmara fria, facilitará a logística dos alimentos dentro do zoo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *