Unidade da PM faz sete atendimentos a crianças engasgadas no Noroeste do estado nos três primeiros meses do ano

Em três meses, policiais militares lotados em diferentes setores da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (5ª CIPM), pertencente ao 3º Comando Regional da PM (3º CRPM), salvaram sete crianças engasgadas no Noroeste do estado. As ocorrências foram nas cidades de Cianorte e região.

Para a unidade, os atendimentos refletem a eficiência do treinamento dos militares estaduais que aprendem, desde o período de formação, a como proceder em casos de emergência, e nos casos de engasgamento há uma técnica muito difundida: a Manobra de Heimlich, que nos sete casos que ocorreram neste ano foi aplicada pelos policiais militares.

Em janeiro houve um caso, que foi atendido no dia 15 de janeiro pelos policiais da Radiopatrulha. O bebê, de 14 dias, foi salvo durante o deslocamento para o hospital. Já em fevereiro, as equipes policiais militares atenderam casos semelhantes nos dias 14 e 24, e em ambos os casos os bebês foram salvos a tempo.

Neste mês de março, foram quatro ocorrências dessa natureza. Os bebês atendidos tinham idade entre três dias e 10 meses de vida. O último caso foi no sábado (21/03) quando a Radiopatrulha foi acionada para atender um bebê engasgado com leite materno. Rapidamente os policiais militares chegaram ao local e, ao aplicarem a manobra de Heimlich, conseguiram recuperar a criança e desobstruir as vias aéreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *