“Soluções do Futuro” leva conhecimento e estimula empreendedorismo

Programa foi lançado na tarde de hoje pelo prefeito Leonaldo Paranhos e será mais uma ferramenta com objetivo de criar oportunidades aos jovens cascavelenses

Oportunidades por meio da educação, do conhecimento, do empreendedorismo , da formação e da inovação. Este é o objetivo do programa “Soluções do Futuro”, lançado hoje (17) pelo prefeito Leonaldo Paranhos, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, João Alberto Soares de Andrade e pelo Presidente da Fundetec, Alcione Gomes. O programa foi desenvolvido pela Prefeitura de Cascavel numa ação que envolveu a Fundetec e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico(Semdec).

A ideia é promover o município de Cascavel como cidade inovadora e empreendedora, atendendo a Lei Municipal de Inovação e a Lei Municipal de Fomento à produção. O projeto abrange a consolidação de ações que visam estipular a formação, capacitação, treinamento e palestra aos cidadãos. O prefeito Leonaldo Paranhos explicou que o poder público precisa fazer a sua parte que é investir na eficiência, avanço e tecnologia. “ O Brasil voltará a crescer e o poder público não pode se furtar a isso. O poder público precisa preparar a população. Nós teremos uma demanda que pede produção e do outro lado uma demanda que não tem capacitação, não tem a eficiência que o mercado pede  e regula. Com os parceiros que temos conseguiremos atender esta demanda reprimida prestando um serviço à altura daquilo que os empresários já tem,” enfatizou o prefeito.

Paranhos disse ainda que  o programa é uma forma de incentivar os jovens ao empreendedorismo. “É um mercado muito grande de inovação de tecnologia, ilimitado, vai da criatividade que, aliada à prática, dá condições de transformar estas ideias em uma prática de produção, através das startups”. O Projeto Soluções do Futuros se estenderá até o mês de julho e procura trazer para a cidade uma forma de conhecimento e conteúdo a todos os empreendedores.

Fundetec

Dentro do Soluções do Futuro, a Fundetec vai trabalhara inovação aliada ao empreendedorismo. Para tanto, foi lançado hoje , inserido no programa,  um edital de inovação para incentivar e patrocinar o apoio para dez startups. “ Nossa ideia é  um projeto que seja inovador tenha o total apoio da Prefeitura de Cascavel para que se desenvolva e se torne um produto, e este um negócio promissor. Mas, para isso, o Município entende que no ambiente de inovação há um período chamado ‘vale da morte’ que é um  período  onde estas empresas morrem por falta de apoio e a nossa ideia é auxiliar este empreendedor de inovação, para que ele passe deste período difícil e chegue a formalização do seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), faturando e com a empresa apta a disputar mercado”. Alcione Gomes informou ainda que o município está inaugurando o processo que já é desenvolvido em vários ambientes da cidade como na Fundetec como incubadora, na AcicLabs como aceleradora, Sebrae com capacitação e nas universidades.

Chamamento Público

O prefeito Leonaldo Paranhos, o presidente da Fundetec, Alcione Gomes, o presidente da Acic, Michel Lopes e o gerente regional do Sebrae, Augusto César Stein assinaram o edital de chamamento público 01/2020, do programa Municipal de Inovação. Juntas, as entidades atuarão na execução de operação piloto do Programa Municipal de Inovação.

O edital de chamamento público foi publicado no site da Fundetec: Fundetec.org.br. Neste endereço os interessados fazem a inscrição dos projetos e ideias que são avaliados por uma banca e a partir daí, com o projeto habilitado para uma segunda fase, inicia-se o processo de treinamento e capacitação contratado pelo Sebrae, para fazer a mentoria e a segmentação para se chegar a fase final com dez startups que serão atendidas pelo programa  através do Radar de Inovação que prevê investimentos de R$ 300 mil para as startups selecionadas. São R$ 150 mil em apoio financeiro e R$ 150 mil em capacitação e mentorias.

“O pedido do prefeito Paranhos foi que desenvolvêssemos um projeto que trouxesse os jovens de 16 a 24 anos para conhecer o que o Município tem a oferecer para estes empreendedores através de cursos e parcerias.  Para atender este público nós teremos também a Empresa Fácil, a Agência do Trabalhador além da nossa área de inovação com a Fundetec”, diz Alcione.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *