Secretário coronel Marinho participa de reunião do Consej em Brasília e de audiência com o Ministro Moro e o presidente Bolsonaro

O Secretário da Segurança Pública do Paraná, Coronel Romulo Marinho Soares, esteve, nesta quarta-feira (05/02), na reunião do Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça da Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej), em Brasília. No encontro, Coronel Marinho aproveitou para fazer tratativas relacionadas à segurança pública do Paraná. Durante a viagem o Secretário também esteve em audiências exclusivas com o Presidente da República Jair Bolsonaro e com o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

“Foi altamente positivo para o Paraná porque na reunião conversamos sobre diversas demandas e ideias que vão melhorar a estrutura da gestão penitenciária no Estado. Com outros secretários, entregamos uma carta aberta para o presidente, por meio da qual fazemos solicitações como, por exemplo, o fortalecimento do Depen como coordenador das políticas penitenciárias. Agora, o Governo Federal irá analisá-la”, disse o secretário Coronel Marinho.  “Aproveitei para agradecer todo o apoio que temos recebido no Paraná“, complementou.

Dentre os temas abordados na reunião do Consej estavam a normatização da polícia penal, fontes de recursos do Fundo Penitenciário (Funpen) e a Força de Cooperação Penitenciária, além da troca de experiências e alinhamento de práticas relativas à execução penal de todo o país e apoio entre os órgãos de gestão penitenciária. A progressão de regime e outras mudanças no sistema penitenciário, de acordo com a Lei Anticrime, também foi debatida.

Está previsto para o próximo mês um novo encontro entre os representantes para debater novamente a normatização da polícia penal no país. Esta foi a primeira reunião do Conselho neste ano, e contou com a presença dos secretários e representantes dos 26 estados do país. A abertura foi feita pelo Ministro Sérgio Moro e pelo o Diretor-Geral do Departamento Penitenciário Nacional, Fabiano Bordignon.

PARCERIAS – O encontro com o Governo Federal serviu também para agradecer a parceria em grandes projetos que estão em andamento aqui no Estado. Recentemente foram assinados dois convênios que irão disponibilizar recursos para a área da Polícia Científica do Paraná. Ao todo serão cerca de R$ 28 milhões de investimentos, parte para a computação forense e outra parte para outros projetos da Polícia Científica.

O Paraná conta ainda com outros dois projetos em parceria com o Governo Federal. O programa Em Frente Brasil, lançado em agosto de 2019 e que colaborou para a redução dos índices criminais em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. E o Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF), unidade formada por forças nacionais e estaduais, que trabalham integradas em ações estratégicas. O centro atua prioritariamente em três frentes: operações ostensivas, auxílio das investigações e combate às facções criminosas.

“Em reunião com o Ministro Moro, tratamos sobre a constante ampliação das ações de segurança pública na área de fronteira, especialmente no Paraná que faz divisa com dois países e outros estados”, destaca o secretário de segurança, Coronel Marinho.

Foto: Divulgação/Sec de Segurança Publica PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *