Saúde orienta: Dia D contra o Aedes aegytpi deve ser uma vez por semana em cada quintal

Foto: Asscom da Prefeitura

Cascavel aderiu hoje ao movimento nacional contra o mosquito transmissor de várias doenças, dentre elas a dengue, para alertar que os perigos de epidemias estão de volta

Com a chegada deste período do ano em que a associação de chuva e calor cria um ambiente propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, o Município de Cascavel já deu a largada nas campanhas de alerta e conscientização, convocando a população a fazer a tarefa de não deixar água parada dentro e fora de casa. Medidas simples podem contribuir para se evitar epidemias no verão. O alerta foi dado durante a abertura da caminhada no Lago Municipal nesta tarde (30), ponto alto do Dia D de mobilização em nossa cidade, que aderiu à campanha nacional contra a dengue e demais doenças transmitidas por este vetor organizadas pelo Ministério da Saúde.

“Este movimento quer mostrar a importância da população se envolver na campanha”, enfatizou a gerente da Divisão de Vigilância em Saúde Ambiental, Clair T. Wagner. Ela explica que a comunidade pode aderir com um Dia D semanal, em cada casa ou empresa, escolhendo o sábado por exemplo, que é quando geralmente todos os moradores estão com mais tempo, para em poucos minutos fazer uma varredura no quintal e recolher todo tipo de pequenos objetos que possam servir de criadouros.

“Plantas que acumulam água, vasinhos de plantas, o pote de água do cachorro, tampinhas, tantos outros que precisam ser observados. Então é a hora de pegar os filhos, tios, sobrinhos, avós, pais, toda família e fazer uma faxina semanal. Isso é rotina obrigatória de toda moradia. E, com a chegada das férias e períodos de viagens, o cuidado antes de deixar a casa deve ser redobrado para não voltar e ter surpresas”, alerta.

Durante a manhã de hoje a mobilização social na conscientização do controle deste vetor foi realizada por agentes de controle de endemias em toda a cidade, que foi dividida em 13 regiões, nas quais foram realizadas atividades lúdicas e educativas.

No Lago Municipal, nesta tarde, a Divisão de Vigilância em Saúde Ambiental e o Programa de Controle de Endemias promoveu uma caminhada que envolveu mais de cem participantes.

No quiosque do Lago antes da concentração para a largada, foi realizada abordagem direta, panfletagem, demonstração de maquetes, do ciclo de vida do vetor, bem como atividades lúdicas com o apoio do Comitê de Combate ao Aedes de Cascavel, que é composto por diversos setores e secretarias do Município. A equipe de Endemias também apresentou o resultado do ecoluxo, arte realizada com o lixo que é recolhido nas ruas, que vira artesanato.

Fonte Via/Asscom da Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *