Reuniões balizam futuras decisões de prevenção ao coronavírus

Cinco reuniões organizadas pelo COE foram realizadas nesta quarta-feira com vários setores da administração direta e indireta, além de representantes de entidades

 O Centro de Operações de Emergência (COE), criado para deliberar sobre temas relacionados ao coronavírus (Covid-19) em Cascavel ,realizou, durante todo dia de hoje (18),  várias reuniões com diferentes setores da administração direta e indireta, além de representantes de entidades da sociedade organizada, Ministério Público e de órgãos do governo estadual.

Em pauta, futuras ações que serão desencadeadas como forma de prevenção ao coronavírus, pandemia que assola o mundo. As deliberações serão divulgadas, por meio de nota, nesta quinta-feira (19).

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic), Michel Lopes, disse que o momento é de preocupação e que é preciso a união de todos para combater o avanço da Covid-19. “Temos que pensar na saúde humana e também na qualidade de vida das pessoas. Nós não podemos deixar de pensar nos nossos empresários, nos nossos trabalhadores. Um colapso da economia agora não é algo que precisamos”, afirmou. Segundo ele, a Acic vai recomendar às empresas que adotem, dentro de suas possibilidades, o trabalho home office (em casa) e que façam rodízio de funcionários para evitar aglomerações.

O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, disse que a situação é preocupante e, por isso, a equipe técnica realizou essas cinco reuniões durante o dia. “São reuniões específicas para tratar de assuntos importantes, como medidas de contenção, medidas para aquisição de insumos, a questão do hospital de retaguarda. Cascavel está um passo à frente em várias situações. Estamos fazendo isso para trazer tranquilidade, prevenir toda a nossa população e esperamos superar essa dificuldade o mais rápido possível e devolver a normalidade a todos”, enfatiza.

Para o secretário de Cultura e Esportes, Ricardo Bulgarelli, é momento de todos colaborarem. “É algo novo, estamos todos aprendendo com as experiências de outros países, outras cidades. É importantíssimo absorvermos todo esse conhecimento para o mais rápido possível superarmos essa crise”, destacou.

Paulo Orso, presidente do Sindicato Patronal Rural, também participou da reunião e destacou a maneira como o Município de Cascavel vem tratando do assunto. “Nós estamos no caminho certo, devemos ser parceiro dessas atitudes e temos que enaltecer isso”, observou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *