Público atendido pela Seaso entra na luta contra a dengue

Crianças, adolescentes, jovens e famílias que utilizam os serviços da Secretaria de Assistência Social atuam no combate à dengue
O público atendido nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Cascavel e em outras unidades da Secretaria de Assistência Social (Seaso) está colocando em prática o que aprendeu nos últimos dias sobre o combate à dengue. As orientações de conscientização vêm sendo desenvolvidas pelos profissionais que atuam diariamente nesses locais e, também, pela equipe de Educação do Controle de Endemias.

Depois de receber as orientações, por meio de atividades lúdicas e educativas como teatro, oficinas e palestras, as crianças, adolescentes e jovens do Cras XIV de Novembro, por exemplo, foram às ruas no entorno da unidade para recolher o lixo jogado pela população e agiram em busca de localizar focos do mosquito Aedes aegypti.

Outro grupo que participou das ações é o das famílias atendidas pelo PAIF – Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família. Integrantes se reuniram no CrasInterlagos e, durante uma oficina, a equipe de controle reforçou que a melhor forma de prevenir a proliferação do mosquito é não deixar água parada em vasos, galões, pneus garrafas pet e outros recipientes, evitando possíveis criadouros.

Já no Cras Riviera, as crianças estão confeccionando cartazes com recortes de revistas e material de desenho. Elas trabalham a criatividade para falar sobre como acontece a proliferação do transmissor da dengue, os sintomas e o combate à doença. Os grupos do Centro de Convivência Intergeracional do Bairro Morumbi (CCI Morumbi), também receberam as Agentes Comunitárias de Saúde há poucas semanas. Elas levaram uma maquete para ensinar e conscientizar sobre o assunto. Outras ações sobre o tema estão previstas na Praça CEU, Centro da Juventude e Eureca.

“Agradecemos a Secretaria de Saúde pelo apoio no combate ao mosquito da dengue através do trabalho de orientação. É importante cada um de nós fazermos a nossa parte. Por isso é que decidimos, com os nossos serviços da Secretaria de Assistência Social, desenvolver esse trabalho junto às crianças, adolescentes e famílias de uma forma geral, na intenção de motivá-los a terem o cuidado nas nossas unidades e, consequentemente, em suas casas”, diz o secretário Hudson Moreschi.

De acordo com o novo boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, Cascavel contabiliza de julho de 2019 até esta quarta-feira (26), 286 casos confirmados de dengue. Até semana passada eram 140 casos, ou seja, houve um aumento de 104% de confirmações de dengue no município, o que é considerado extremamente preocupante. Além disso, outros 606 casos estão em análise por serem considerados suspeitos e 559 foram descartados. Vale destacar que o Município conta com alto índice de infestação de 5,2% do LIRAa  (Levantamento de índice Rápido Amostral por Aedes Aegypti) (fonte: Portal do Município).

Confira alguns cuidados para ter em casa:

Tampe os tonéis e caixas da água;
– Mantenha as calhas sempre limpas;
– Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
– Mantenha lixeiras bem tampadas;
– Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
– Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
– Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
– Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
– Limpe ralos e canaletas externas;
– Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
– Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas para evitar formação de poças da água;
– Vistoria em pequenos objetos em casa, como aquário, balde e bandejas atrás da geladeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *