Projeto para introdução das abelhas sem ferrão terá debate público no dia 26

Foto: Marcelino Duarte/Assessoria de Imprensa/CMC

Projeto para introdução das abelhas sem ferrão terá debate público no dia 26

A ideia de se introduzir a criação de abelhas sem ferrão em Cascavel será objeto de uma audiência pública na Câmara Municipal, que deve ser marcada para 26 de novembro. Essa decisão foi tirada de uma reunião coordenada pelo vereador Celso Dal Molin (PL), em nome da Comissão de Meio Ambiente, na quarta-feira (30).

O projeto conhecido como Jardins de Mel, que já existe em Curitiba, foi apresentado pelo vereador a um grupo de convidados da Defesa Civil, secretarias municipais de Educação, Meio Ambiente e de Assuntos Comunitários, além do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Colégio Adventista e empresa BioLabore. Participaram as assessorias dos vereadores Misael Júnior (PSC) e Paulo Porto (PCdoB), também da Comissão. Para ajudá-lo a detalhar a proposta, Dal Molin contou com Edvaldo Geraldo Júnior e Fabiano Stoppa, que o acompanharam em visita à capital do Estado.

Segundo eles, a retirada das abelhas com ferrão e sua substituição pelas sem ferrão é uma forma de envolver a comunidade na consciência ambiental. Além disso, a criação de abelhas aumenta a biodiversidade, com benefícios imediatos para árvores, flores, para os animais herbívoros e para os predadores desses animais. E, por fim, é uma excelente fonte de renda com a grande aceitação dos produtos derivados da apicultura.

Pela proposta a ser discutida na audiência pública, as primeiras caixas de abelha com o objetivo de divulgar o projeto seriam instaladas na Câmara Municipal, no Zoológico e nas escolas públicas e privadas que já manifestaram interesse. “Em Curitiba, é encantador ver a magia que os alunos vivem ao lidar com as colmeias e com as abelhas, acompanhar o processo de vida delas”, contou Celso Dal Molin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *