Programa Mais Verde, é Lançado pelo Território Cidadão III

Foto: Asscom da Prefeitura

Programa Mais Verde, é Lançado pelo Território Cidadão III

O gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o gerente do Território Cidadão, Ailton Lima, o coordenador do Território Verde, José Luis Ferreira e a engenheira florestal, Nariele Raiane Arsego, do Consórcio Sanches Tripoloni – Maia Mello estiveram hoje (25) em uma área verde localizada no Território Cidadão III, próximo ao Conjunto Terra Nova para vistoriar e efetivar o recebimento da área, apresentar relatórios ambientais, formalizar o recebimento e documentar a parceria com o Município referente ao plantio de 15,8 mil mudas naquele terreno de cerca de 10 hectares, que estava degradado ambientalmente.

A indicação do local foi feita pelo Município de Cascavel, que firmou parceria com o Consórcio e IAP (Instituto Ambiental do Paraná) para a compensação ambiental. “Esta compensação é feita por conta  de autorizações florestais emitidas para o consórcio devido ao corte de vegetação nas margens da BR-163, que está sendo duplicada pela empresa. E todas as autorizações florestais emitidas vem com este termo de compromisso para ser cumprido”, explicou o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o Cocão.

Pelo acordo firmado com IAP e Município, a área a ser compensada não é igual à área suprimida; a área de plantio de novas mudas é sempre maior do que a área derrubada. “Já fizemos o plantio em Santa Lúcia, Realeza e agora em Cascavel estamos concluindo os trabalhos, fazendo os últimos plantios. E todos devem ser feitos em áreas degradas próximas a nascentes e córregos”, falou a engenheira ambiental, Narielle.

Na vistoria realizada hoje, foi constatado que muitas mudas de árvores deverão ser replantadas. “Pelo termo de parceria firmado com o Município e IAP, o Consórcio se responsabiliza em fazer a manutenção efetuando a substituição das mudas de árvores que não vingaram. Além disso, a cada quatro meses a empresa deve apresentar ao Instituto Ambiental do Paraná e ao Município um relatório das ações realizadas em prol da recuperação destas áreas. A ideia é transformar estas áreas verdes em parques ambientais, áreas de lazer e de contemplação da natureza”, completou o gerente do Território Cidadão, Ailton Lima, que ainda convocou a comunidade daquele entorno a cuidar e zelar do crescimento e do desenvolvimento das árvores plantadas no local.

Território Verde

A recuperação da área começou em setembro com o plantio de mudas de gabiroba, angico, aroeira, ipê, araucária, entre outras. “Este plantio de árvores também contempla o Programa “Mais verde, mais vida”, criado pelo Território Cidadão. Este programa será trabalhado em todos os territórios implantados no Município para a recuperação das áreas degradas. O plantio de hoje já faz parte deste programa; o próximo Território a ser beneficiado será o Morumbi”, disse o coordenador do Território Verde, José Luiz Ferreira. Ele explicou ainda que a recuperação ambiental da área localizada na Rua Tranquilo Noro (TC III),  não faz parte do Território Verde, mas como o projeto prevê a conectividade de todas áreas verdes do Município e parques, entra ela no programa.

“O Território Verde vai fazer uma nova proposta de utilização destes espaços com a readequação dos equipamentos urbanos; a conectividade entre todos os parques da cidade, a conectividade do Lago com Zoo, transformando esse complexo em uma área mais aprazível do que é hoje, mudando a identidade visual e a mobilidade das pessoas. Um projeto ambicioso, que transformará aquele local”.

O que é compensação ambiental

A Compensação Ambiental é um mecanismo legal para que as empresas retornem e minimizem os impactos que podem ser causados no ambiente a partir de “atividades utilizadoras de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como os capazes sob qualquer forma, de causar degradação ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *