Produtores do Sul no país recebem certificado por boas práticas na produção de tabaco

Produtores da Região do Sul receberam certificados por terem aderido ao programa de Produção Integrada de Tabaco, que prevê a adoção de boas práticas agropecuárias. A Produção Integrada é baseada nas Boas Práticas Agrícolas, elevando o padrão de qualidade do produto agrícola ao patamar de excelência requerido pelos mercados. Atualmente, 74 produtos das cadeias produtivas das frutas, hortaliças e grãos estão no programa.

A entrega dos certificados ocorreu na última quarta-feira (16), durante visita técnica do secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, Fernando Camargo, na região de Santa Cruz do Sul (RS).

“A certificação de produtores participantes do programa de Produção Integrada é um reconhecimento ao empenho desses empreendedores para produzir mais e melhor, trazendo benefícios para toda a cadeia produtiva, reduz custo para o produtor, melhora a produtividade, traz mais segurança para o trabalhador rural e favorece a sustentabilidade ambiental. Tudo isso resulta em um diferencial competitivo do produto brasileiro no mercado internacional”, destacou o secretário.

Representando cerca de 15 mil produtores de tabaco no Sul do país, o produtor Joel Junkherr recebeu o certificado, emitido pelo Certifica Brasil, destacando a conformidade de sua produção com a Instrução Normativa nº 21/2020, que estabelece boas práticas relacionadas à produção, colheita, beneficiamento, armazenamento e comercialização do produto.

O produtor rural contou que “a adoção da Produção Integrada melhorou a gestão da propriedade, diminuiu custos e tornou-a mais sustentável”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *