Prefeitura detalha plano de prevenção ao coronavírus em resposta a Brugnerotto

O vereador Rafael Brugnerotto (PSB) recebeu na última terça-feira (03) resposta da Secretaria de Saúde ao Ofício n° 07/2020, que questionava quais os protocolos de prevenção do município contra o coronavírus.

“É de conhecimento público que há um alerta mundial em relação ao coronavírus e que autoridades de todos os países estão mobilizadas na contenção da epidemia, que se espalha com rapidez e é bastante letal”, explica Brugnerotto. Outra preocupação é em relação ao Show Rural Coopavel, que acontece de 03 a 07 de fevereiro e recebe delegações de dezenas de países, incluindo a China, país onde o vírus foi inicialmente detectado.

A prefeitura informou que foi realizada reunião com equipe técnica do Show Rural na qual foram repassadas as orientações do lnforme Epidemiológico do Ministério da Saúde e outras orientações da própria secretaria; realizada reunião com gerente do Aeroporto Regional de Cascavel; divulgação de sinais e sintomas, definição de caso suspeito, medidas de prevenção, para a população por meio dos canais de comunicação; enviado lnforme do Ministério da Saúde e Nota lnformativa da Secretaria de Saúde para todas as unidades e serviços de saúde, incluindo hospitais e agendadas reuniões técnicas para profissionais das Unidades de Pronto Atendimento, SIATE, COMSAMU, PAID, Hospitais, para dia 04 de fevereiro e com profissionais das Unidades de Saúde e serviços da Secretaria de Saúde, para dia 07 de fevereiro.

Coronavírus

Nomeado oficialmente de 2019-nCoV, o novo coronavírus causa infecção respiratória aguda. Os sintomas começam com uma febre, seguida de tosse seca e, depois de uma semana, falta de ar. Ainda não há cura, nem vacina. Em humanos, o período de incubação — no qual a pessoa tem a doença, mas nenhum sintoma — varia entre um e 14 dias. Sem os sintomas, a pessoa pode não saber que tem a infecção, mas já espalhar a doença. Por enquanto, a principal medida de contenção da doença é evitar o contágio, por isso o governo brasileiro recomenda que sejam evitadas as viagens à China e que brasileiros que apresentem sinais de gripe e que estiveram no país nos últimos 14 dias procurem os serviços de saúde.

Foto: Marcelino Duarte/ Assessoria CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *