Prefeitura de Cascavel garante fornecimento de cestas básicas ás famílias em situação de vulnerabilidade social

Seis mil benefícios serão distribuídos por um período de três meses
Foi publicado hoje (26) no Diário Oficial do Município de Cascavel, a liberação de recursos para aquisição de cestas básicas que será feita para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelos  CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). O prefeito Leonaldo Paranhos  aplicou a dispensa por justificativa   número 14/20, que trata da aquisição de cestas básicas.

A dispensa ocorreu porque a empresa de Maringá que  fazia a entrega  precisou suspender as atividades por conta das ações de enfrentamento do coronavirus naquela cidade, o que impossibilitou a continuidade das atividades. “Diante disso e para não deixar as famílias desassistidas, o prefeito Paranhos tomou esta iniciativa e liberou R$ 423 mil  para a compra emergêncial de seis mil cestas básicas que serão entregues äs famílias por um período de três meses”, explicou o secretário Hudson Moreschi Júnior, da Secretaria de Assistência Social..

Dispensação

A Seaso montou um call center, através dos nove números dos CRAS,  que foram centralizados em um mesmo ambiente, sempre obedecendo as determinações sanitárias exigidas para garantir a segurança e a saúde dos servidores que estão trabalhando neste ambiente

“Através deste serviço telefônico, todas as famílias em situação de vulnerabilidade, acionam um dos números e  através da ligação o assistente social e psicólogo

fazem atendimento   por meio de uma checagem de informações . Ao atender os  critérios estabelecidos, é concedido ou não o benefício  äs famílias. E, é com base nestes critérios técnicos       que será definido se as famílias receberão a cesta básica ou o cartão Promover. Após isso, é organizada  a logística de forma centralizada no almoxarifado da Seaso. Junto com os motoristas , educadores sociais e orientadores,  os benefícios seja o cartão ou a cesta básica são levados até as famílias,  evitando o deslocamento das pessoas e garantindo o cumprimento do isolamento social.

As cestas são compostas por cerca de 14 itens alimentícios de primeira necessidade e a aquisição destes alimentos já foi iniciada pelo Município de Cascavel, através de empresas locais.

Call Center- Seaso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *