Pequeno povoado deu lugar a maior cidade do Oeste do Paraná

Foto: Asscom da prefeitura

Pioneiros de Cascavel foram homenageados com Almoço, em sua 26ª edição e “muitas histórias”

Cascavel quinta feira (14), dia em que comemoramos os seus 68 anos de emancipação política, foi especial para mais de 800 pioneiros e suas famílias, todas devidamente cadastradas no MIS (Museu da Imagem e do Som de Cascavel). Eles foram homenageados em um grande almoço no Clube Tuiuti, o Almoço dos Pioneiros em sua 26ª edição. Teve música, presentes, homenagens e um buffet variado bem ao gosto  dos homens e mulheres que chegaram em Cascavel por volta da década de 1940.

Dentro todos, duas pioneiras se destacaram: Alvina Fogaça Bernardino, de 100 anos, e Maria Augusta Pires Flores Bramatti, de 104 anos. Elas receberam flores das mãos do presidente da Cohapar e vice prefeito licenciado de Cascavel, Jorge Lange, e do superintendente estadual de Operações dos Correios no Paraná, Paulo Cezer Kremer dos Santos. O prefeito Leonaldo Paranhos fez questão de abraçar as pioneiras e de cumprimentar a todos que prestigiaram o evento. “É um dia especial. Um dia para homenagearmos quem escreveu a história de desenvolvimento de Cascavel; quem ajudou esta cidade crescer e a se tornar a Capital da Produção. Temos que ter esta grata satisfação e reconhecimento a estas pessoas que em um momento muito difícil fizeram esta cidade ser o que é. Cascavel é pujante e a determinação destes pioneiros transformou a cidade em menos de sete décadas em uma cidade que é uma verdadeira metrópole”, disse o prefeito Paranhos.

Além da programação artística que marcou o evento, também foi montada uma exposição do Projeto Museu no Tempo com fotos históricas de Cascavel e uma divertida roda de chimarrão para relembrar os velhos tempos e as boas conversas entre os pioneiros. Jorge Lange, cuja família também é pioneira no Município, lembrou a saga dos pais ao chegarem a Cascavel em 1967. “Viemos do norte do Paraná. Meus pais buscavam mais condições de estudos para os filhos e aqui construímos nossa vida. Conheci Cascavel nos primórdios e é uma alegria poder ver o quanto esta cidade cresceu, o quanto evoluiu e como conseguimos atingir este nível de excelência que Cascavel tem hoje, comparada a outras cidades do Brasil. Conseguimos crescer muito em qualidade de vida e oportunidade para as pessoas. Hoje, posso dizer que nossos sonhos estão realizados com esta cidade maravilhosa que conseguimos construir”, ressaltou Lange.

Durante o evento, foi lançado o selo comemorativo de 68 anos de Cascavel. A peça filatélica carimbada fará parte do Museu dos correios e estarão à disposição dos clientes que postarem correspondência nas Agências dos Correios. “É uma alegria estar em Cascavel e poder lançar este selo que vai levar Cascavel para o Brasil e para o mundo. Cascavel é uma cidade que merece tamanha homenagem”, falou Kremer dos Santos.

Homenagens

Almoço dos Pioneiros aconteceu o lançamento do livro “Galasfassi, saga de migrante” do pioneiro Dércio Galafassi, que presenteou o prefeito Leonaldo Paranhos com um exemplar. O livro conta a história da família pioneira em Cascavel e relata o crescimento e desenvolvimento da cidade.

O tradicional encontro dos pioneiros de Cascavel também foi marcado ainda pela homenagem prestada pela Câmara de Vereadores ao ex-deputado federal, Nelson Padovani, que recebeu o título de Cidadão Honorário. “Temos que homenagear estes homens e mulheres que com muito trabalho e dedicação ajudaram Cascavel ser o que é. Uma cidade que é destaque pelo seu desenvolvimento”, falou o presidente da Câmara de vereadores Alécio Espínola.

Para Olga Corteze Brocca, 85 anos, ver Cascavel hoje é motivo de muita alegria. “Eu cheguei aqui em 1956, vinda do Rio Grande do Sul com meus pais e irmãos. Não tinha nada aqui, só árvores, ruas de terra, casas de madeira. Mas, num piscar de olhos a cidade foi crescendo, crescendo e se tornou essa formosura. Não dá vontade de deixar Cascavel, da vontade de viver pra sempre, para ver a cidade ainda mais bonita. Cascavel nunca esteve tão bonita”.

O Almoço dos pioneiros foi organizado pela Secesp (Secretaria de Cultura e Esportes). “Estamos muito felizes. Estes pioneiros merecem ser reconhecidos e valorizados. Não podemos esquece-los pois eles são a memória viva da colonização e do desenvolvimento desta cidade”, concluiu o secretário de Cultura e Esportes, Ricardo Bulgarelli.

Além dos pioneiros, cerca de 200 pessoas foram convidadas a estar com eles neste almoço especial de aniversário de Cascavel. Entre as autoridades, estiveram presentes os deputados estaduais Coronel Lee e Márcio Pacheco, os vereadores Policial Madril, Serginho Ribeiro, Sidnei Mazutti, Josué de Souza, Carlinhos Oliveira, Celso Dal Molin, secretários municipais, servidores municipais e o ex-prefeito Fidelcino Tolentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *