Pastores evangélicos conhecem ações da política de Assistência Social e Prevenção e Combate às drogas

Foto: Divulgaça/PMC

Em encontro com pastores evangélicos de Cascavel, secretarias apresentação ações e fizeram prestação de contas das atividades dos últimos anos

Um encontro com cerca de 150 pastores evangélicos ligados a Opevel (Ordem dos Pastores Evangélicos de Cascavel), reuniu o prefeito Leonaldo Paranhos, o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior, o diretor da Divisão de Políticas sobre Drogas, Rafael Tortato, o presidente da Câmara de Vereadores, Alécio Espínola , e os vereadores Celso Dal Molin, Misael Júnior e Romulo Quintino, na Associação da Rádio Colmeia. Na oportunidade foi feito um balanço das atividades realizadas pela Semppro (Secretaria de Política Sobre Drogas e Proteção à Comunidade) e Seaso ( Secretaria Municipal de Assistência Social).

Paranhos destacou os investimentos feitos pelo Município em programas sociais como o programa Promover, que é a transferência de subsídios a pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Com este programa oferecemos às famílias mais dignidade. São R$ 100,00 que as pessoas podem usar para comprar alimentos, material de higiene e limpeza e gás nos supermercados credenciados. Em um ano de programa, atendemos 800 famílias. Isso traz um ganho social grande de dignidade. Temos ainda o FeliCidade do Idoso, onde atendemos mais de 6 mil idosos em três anos e há ainda os programas de acolhimento, enfim, nossa equipe trabalha muito para poder oferecer às pessoas mais necessitadas uma vida mais digna”, completou o prefeito.

Hudson Moreschi Júnior disse que “temos em nossa meta de governo,  a partir de fevereiro, abrir a Cidade do Idoso, no Parque Tarquínio, no Parque São Paulo, onde de segunda a sexta , das 08h às 17h , eles terão atividades de cultura e esporte, entretenimento, espaço para diálogo, troca de experiências”.

O secretário destacou ainda que entre as principais atividades realizadas pela Seaso neste ano, estão também o programa ConstRua Cidadão que atende pessoas em situação de rua, que são acolhidas, dando a elas oportunidade de restabelecer uma rotina de vida, com  o desenvolvimento de atividades, dentro do serviço público, de acordo com as habilidades que cada um possui. “Para isso recebem uma bolsa de R$ 300,00 por mês. O valor é proveniente de parceria com o Sicredi. Já atendemos mais de 70 pessoas através de programa que resgata as pessoas da situação de rua e dá a elas oportunidade para tratamento contra uso de álcool e drogas”.

Ele falou ainda que nestes três anos do governo Paranhos, foram investidos R$ 115 milhões na Assistência Social, com mais de 300 mil atendimentos. O Município investiu na construção de novos espaços como a sede do CRAS Interlagos, CRAS Riveiera, o CRAS Morumbi, o CCI do Morumbi e Centro de Convivência do Cascavel Velho, além da potencialização da “Eeconomia Solidária” no município entre, outros atendimentos. Só em 2019, cerca de 3 mil pessoas em situação  de rua foram alcançadas pelos serviços de abordagem, Casa Pop, Centro Pop, Albergue Noturno e Consultório de Rua.

Política Sobre Drogas

O diretor da Divisão de Políticas sobre Drogas, Rafael Tortato, apresentou aos pastores os números dos programas desenvolvidos de combate às drogas. “Nosso lema é avançar e todos os números comprovam que avançamos. Nos dados de recuperação e acolhimento das pessoas que precisam deste cuidado, deste tratamento contra as drogas, também vemos resultados na prevenção. Temos hoje o maior número de ações de prevenção já realizado no Município de Cascavel. Para o ano de 2020, vamos desenvolver muitas outras ações de recuperação e capacitação através de ações esportivas, voltadas principalmente para os jovens”, disse o diretor.

Fonte/Asscom  PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *