Parceria garante plantio de mudas de árvores no CNTA

Mais de 200 mudas de ipês e cerejeiras serão plantadas no Centro Nacional de Treinamento de Atletismo
“Plantar hoje, para usufruirmos amanhã das flores, dos frutos da água”. Foi com este pensamento que a Fundação Municipal de Cultura e Esportes de Cascavel, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a Paraná Esportes, o Rotary Clube Cascavel Integração e a ONG Amigo dos Rios deram início hoje (1) ao plantio de 200 mudas de ipês no Centro Nacional de Treinamento de Atletismo (CNTA).

As cem primeiras mudas de ipês amarelo, roxo e rosa, serão plantadas, inicialmente, na parte externa do prédio e ao longo de quase 400 metros da Avenida Amazônia, que dá acesso ao CNTA. Na segunda etapa, mais cem mudas serão plantadas no interior do prédio.

“Nós vamos plantar ipês e também cerejeiras. Os ipês, como são árvores de grande porte, serão plantados  onde não há rede de energia e as cerejeiras, árvores de pequeno porte,  ocuparão a faixa de terra embaixo  da rede elétrica. Assim, teremos a via toda arborizada, sem prejuízos ao meio ambiente e segurança com iluminação pública de qualidade”, disse o diretor da Fundação Municipal de Esportes, Alexandre Guerino.

O plantio das mudas que foram repassadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) será feito em duas etapas, sendo que a segunda  contemplará  os espaços internos do Centro de Treinamento. “As mudas de ipês que serão plantadas aqui, muito em breve vão tornar este espaço ainda mais bonito, pois  estaremos contemplando a florada dos ipês”, falou Wagner Seiti Yonegura. “Nossa ideia é transformar este local no recanto dos ipês”, completou o diretor da Fundação.

Árvore símbolo

O ipê foi a árvore escolhida por ser a árvore símbolo de Cascavel, conforme prevê a  Lei Municipal nº 6434/2014

“Dentro de três anos já vamos poder contemplar a beleza da florada  dos ipês. Além disso as árvores  ajudam também na produção de água. Quem planta árvores planta água porque as raízes vão trazer as águas do lençol freático para o subsolo. As folhas, quando chove, captam as águas da chuva e mandam para recarga de água do subsolo”, explicou o presidente da ONG Amigos dos Rios, professor Adelar Valdameri.

O empresário e integrante do Rotary Club Cascavel Integração, Antônio Mazzuco, disse que “uma das grandes metas do Rotary é a sustentabilidade do meio ambiente, por isso estamos sempre envolvidos nestas ações de plantios de árvores e recuperação de nascentes”.

Contraturno escolar

Com esta ação, a Fundação Municipal de Cultura e Esporte, pretende dar ainda mais vida  aos 7.948 metros quadrados do Centro Nacional de Treinamento de Atletismo, que deve receber já a partir  do próximo ano, assim que as atividades escolares voltarem ao normal, estudantes das redes municipal e estadual de ensino no contraturno escolar para a prática de atividades físicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *