PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO – Lucas 10:25-37 – PALAVRA DA SEMANA

Foto: Pr Marcos Zengo/ Teólogo e Advogado

Um homem descia de Jerusalém para Jericó. Havia dois caminhos para Jericó: por Belém, o caminho mais distante, e outra estrada, mais perto, porém perigosa. Ele preferiu pegar um atalho. Caiu nas mãos dos salteadores que o despojaram, tiraram tudo o que ele possuía. Ele foi espancado, ferido e ficou quase morto.
Desceu um sacerdote pelo mesmo caminho, mas passou de largo, ou seja, passou para o outro lado da estrada. Passou, também, um levita que não fez nada pelo homem, porém um samaritano, que ia de viagem, parou, curou as suas feridas e o levou a uma hospedaria, pagou a hospedagem e tudo o que seria necessário.
Algumas lições que extraímos do texto:

1. DEVEMOS TOMAR CUIDADO COM OS ATALHOS. Nem sempre o caminho mais perto é o melhor caminho. Os atalhos geralmente são perigosos. Quem pega atalhos coloca a vida em risco. Atalhos espirituais, no trabalho, na vida sentimental. Quantas pessoas sofrem porque não perseveraram no caminho certo. Não precisamos de atalhos, temos o CAMINHO, que é Jesus Cristo. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim.”
2. OS SALTEADORES SÃO LADRÕES DA ALEGRIA – Os salteadores despojaram aquele homem. Eles se aproximaram para tirar e roubar o que ele possuía, inclusive as vestes. A Bïblia diz que o “ladrão (satanás) veio para matar, roubar e destruir, mas eu (Jesus) vim para que tenham vida e vida com abundância. “Os ladrões da alegria aparecem disfarçados de colegas ou “amigos” que surgem para roubar a alegria no trabalho, na família, na vida espiritual. Os salteadores despojaram aquele homem e o abandonaram ferido. Você não é descartável. Vivemos numa sociedade onde quase tudo é descartável. O Salmo 113 diz que “Deus ergue do pó o desvalido e do monturo, o necessitado.”
3. O HOMEM FICOU MEIO MORTO. O único homem que a Bíblia afirma ter ficado quase morto. Ele foi ferido. Quantas pessoas feridas na alma. Por fora, um sorriso; por dentro, sangram. Gente ferida por gente. Gente ferida nas emoções. São sonhos mortos, já não têm mais vida, mais alegria.
4. O BOM SAMARITANO APARECEU – Enquanto os religiosos desciam, o samaritano subia. No capítulo 9 de Lucas, os discípulos queriam pedir fogo do céu para consumir os samaritanos, mas no capítulo 10, que lemos, Jesus fala do bom samaritano que cuidou do homem ferido e quase morto. O bom samaritano é uma figura de Cristo, que nos abraça, que nos acolhe, que derrama vinho (redenção e alegria) e azeite (unção) sobre as nossas feridas e cuida de nós. Deus usa o improvável para nos abençoar. Se outros samaritanos rejeitaram a Cristo, não deixaram o Senhor pousar em sua aldeia, este outro samaritano é exemplo de amor, de compaixão. Aprendemos que nem todo mundo é igual. Não é porque um samaritano negou hospedagem que os outros são iguais. Se pessoas feriram você, Deus levantará alguém para trazer a cura e a restauração de sua vida. Alguém que se importa com você, que se preocupa.
5. LEVOU-O A UMA HOSPEDARIA – e pagou 2 denários ao hospedeiro , o que correspondia a 50 dias de hospedagem. A Igreja é a hospedaria ( lugar de cura, de amor, de cura e restauração. O Espírito Santo é o hospedeiro, que sara as nossas feridas. DEUS quer cuidar de você. Jesus é o Bom Samaritano.

Jesus quer abraçar você neste dia, curar as feridas da alma, restaurar a sua alegria.

Texto/Pr Marcos Zengo/ Teólogo e Advogado                     

Igreja Presbiteriana Renovada

Rua: Vitoria 2340

Horário de Cultos

quinta-feira as 19hs 30mim

domingo as 10hs e as 19hs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *