“O maior patrimônio que temos são as pessoas”, afirma prefeito durante lançamento do Cascavel Celebra a Vida

Prefeitura é parceira no ato que será realizado no dia 20 de outubro, em frente à Catedral

“Se a gente não perceber a importância da vida – não apenas daqueles que ainda virão ao mundo, mas também de nós, no nosso dia a dia – estaremos indo contra a vontade de Deus, que nos deu o maior patrimônio Dele, que é o seu filho, para salvar as pessoas. Com este gesto de amor, nos deu um ensinamento, o de valorizar a vida. Então este é um projeto muito importante, que nos faz parar durante a correria, durante nosso trabalho, para refletir sobre a importância de estarmos vivos e de preservarmos e defendermos a vida”.

Com estas palavras o prefeito Leonaldo Paranhos garantiu o apoio da Prefeitura no “Cascavel Celebra a Vida”, evento agendado para o dia 20 de outubro, em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida. Trata-se de um ato conjunto idealizado pelo movimento Brasil Vivo sem Aborto, pela Rede Nacional em Defesa da Vida e da Família em parceria com a Prefeitura, alusivo ao Dia do Nascituro (8 de outubro), data que marca o encerramento da Semana Nacional da Vida (1 a 7 de outubro).

O lançamento ocorreu nesta manhã (10) no Paço Municipal e contou com a presença de representantes de diversos movimentos pastorais da Igreja Católica. A equipe do Território Cidadão atuará diretamente na divulgação do ato, com objetivo de articular o maior número de participantes. “Vamos estar juntos, chamando o maior número de pessoas, de todas as denominações religiosas, articulando um grande movimento de nossa cidade, mostrando a representatividade de Cascavel contra o aborto e em defesa da vida”, garantiu o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o Cocão.

Sobre o movimento

O vereador Olavo Santos, principal idealizador do ato, disse que o movimento simboliza a luta de todas as pessoas em defesa da vida, desde o ventre materno até o fim natural. “O objetivo é clamar por uma cultura de vida e paz, além de chamar a atenção dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – para que respeitem os 80% dos brasileiros que são contra o aborto no Brasil”.

Segundo ele, o ato visa, diretamente, “zelar pelo respeito à vida desde o útero materno; mudança de mentalidade acerca do aborto e que os brasileiros continuem defendendo a vida daqueles que ainda não nasceram, para que o nosso País seja exemplo para outros países na promoção da vida”.

Programação

O ato terá início às 15 horas em frente à Catedral. A programação contará com apresentações de música gospel, testemunhos de jovens casais dos movimentos e pastorais da Arquidiocese de Cascavel, exposição de projetos do Governo que auxiliam na defesa da vida, entre outras atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *