O CRISTÃO E O CORONAVÍRUS

Tenho que começar dizendo que Deus não foi surpreendido pelo COVID-19, muito menos está alheio a tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo. Ele está no controle de todas as coisas, governa e sustenta tudo e todos em suas mãos. Deus reina! Com diz Hernandes Dias Lopes, e sempre gosto de citar essa sua fala, “precisamos entender que mesmo que as coisas fujam ao nosso controle, elas continuam rigorosamente sob o controle de Deus”. Isso pode e deve nos consolar e dar tranquilidade em meio a tantas notícias tristes e desastrosas.

Não é a primeira vez que o mundo passa por situações como essas que estão ocorrendo nos dias atuais, tais como doenças, pestes, enfermidades disseminadas em várias regiões, e o povo de Deus não está imune disso tudo. Entretanto, apesar das notícias alarmantes, há esperança. Não entremos em pânico. Como disse a pouco, Deus reina. Um exemplo disso é o relato bíblico de 2 Crônicas 20.

Lia esta semana um artigo do Pr. Jason Seville, pastor sênior de uma igreja internacional na China, onde vive com sua esposa, Kim, e quatro filhas. Ou seja, no centro das contaminações pelo coronavírus. Ele firma nesse artigo, com base no texto de 2 Crônicas 20, que “aquela antiga perspectiva de Josafá é mais apropriada para fevereiro (e março) de 2020 do que poderíamos pensar. Em seu contexto, uma delegação perigosa de Edom estava se aproximando de Judá. Mas sua fé era abrangente. Ele não estava confiando no Senhor apenas diante de uma potencial derrota militar, mas para qualquer desastre que pudesse vir! Josafá tinha uma disposição à confiança, independentemente do perigo. Mesmo diante de peste ou praga, ele clamava a Deus”. Isso é uma verdade!

Ainda, como base no texto de Josafá, o versículo 6, do texto de 2 Crônicas 20, relata a oração de Josafá. Vejamos: “Ah! Senhor Deus de nossos pais, porventura não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos das nações? Na tua mão há força e poder e não há quem te possa resistir”. Deus reina, é absoluto, não se abala com más notícias. Ele domina sobre todos os reinos da terra. Assim, o coronavírus não surpreendeu o Senhor e Ele tem o governo sobre esta e todas as demais situações mundiais e também da nossa vida. O que nos resta fazer? Descansar em sua soberania, seu cuidado e providência.

O texto de 2 Crônicas 20.3 afirma que Josafá temeu, e pôs-se a buscar o Senhor. Temeu e buscou o Senhor. Orou, clamou, intercedeu. Devemos também orar e interceder pelas nações, pelos países onde a infecção é alta e orar pela igreja de Deus que passa, também, por esse momento. Nós temos que fazer o mesmo, clamar ao nosso Deus e pedir sua proteção e cuidado, tendo a certeza de que Ele está no controle de todas as coisas, sobretudo de nossa vida e família.

Perceba o veículo 9 do texto: Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás.

Vivemos dias de pestes e más notícias, mas temos que fazer o que Josafá fez, nos apresentarmos diante do Senhor e clamarmos a Ele na nossa angústia. O texto é claro ao afirmar que Ele nos ouviu e livrou a Josafá e ao povo de Deus.

Porém, não basta descansar em Deus e não nos cuidar. Como vi num post nas redes sociais, confiar em Deus não significa não tomar precauções. Os governantes estão tomando as medidas necessárias para conter as contaminações com o coronavírus e nós temos que obedecer as autoridades constituídas sobre nós e, acima de tudo, cuidar de nós e de nossa família, aplicando as recomendações do Ministério da Saúde, dos médicos e de nossos líderes espirituais.

Em resumo, confie em Deus, Ele reina e está no controle de todas as coisas, inclusive do coronavírus. Mesmo que as coisas fujam ao nosso controle, elas continuam rigorosamente sob o controle de Deus. Busque a Deus, descanse nele e em seu cuidado, colocando sobre Ele toda a sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de nós (1 Pedro 5.7). Clame a Deus e apresente-se diante do Senhor. Com certeza Ele nos ouvirá e pode nos livrar.

Fazendo um paralelo do que Lutero dizia a respeito de Satanás, o coronavírus é um cão na coleira de Deus. Que a soberania de Deus seja o teu travesseiro aconchegante em noites de tormenta.

 

Pr. Diogo Neves Gerber, pastor da Igreja Presbiteriana Renovada de Iracema do Oeste e Jesuítas/Paraná.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *