NÃO TENHA MEDO LUCAS 2:42-52

Quase toda vez que um anjo aparece na Bíblia, as primeiras palavras que ele diz são: “Não tenha medo!”. Não é de admirar. Quando o sobrenatural entra em contato com o planeta Terra, geralmente deixa os observadores humanos de “cara no chão” e amedrontados. Mas Lucas fala sobre uma aparição divina que não amedronta. Em Jesus, nascido entre os animais e colocado em um cocho de alimentos, uma manjedoura, Deus se apresenta de maneira que não precisamos temer. O que poderia ser menos assustador do que um bebê recém-nascido?

Na Terra, Jesus foi Deus e homem. Como Deus, Ele pode realizar milagres, perdoar pecados, conquistar a morte e prever o futuro. Para os judeus acostumados a manifestações de Deus numa nuvem brilhante ou coluna de fogo, a vinda de Jesus lhes trouxe muitas dúvidas. Como poderia um bebê em Belém, um filho de carpinteiro, um homem de Nazaré, ser o Messias de Deus?

Por que Deus assume a forma humana? Jesus, aos 12 anos, nos dá uma pista quando debate com os rabinos no Templo. “Todos que o ouviam se admiravam de seu entendimento e de suas respostas” (2:47). Pela primeira vez, as pessoas comuns podiam manter uma conversa com Deus de forma visível.

Jesus pode falar com Seu Pai, um rabino e uma pobre viúva sem que tenha de antes anunciar: “Não tenha medo!”. Em Jesus, Deus se aproxima.

Jesus foi Deus e homem numa só pessoa, para que nos reconciliássemos com Deus novamente. George Whitefield

IGREJA ANGLICIANA      _      Rev. Marialvo Rodrigues   _    Philip Yancey 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *