JCI Cascavel apresenta relatório para a Secretaria de Meio Ambiente

 Membros da JCI Cascavel e Wagner Yonegura, secretário de Meio Ambiente

Foto: Ass/JCICvel

Entidade entregou ao secretário do meio ambiente de Cascavel relatório da ação do último sábado, realizada no Dia Mundial da Limpeza

Você conhece alguém que joga papel de bala no chão? Absurdo, né? É ruim de imaginar como alguém possa fazer isso. Mas você já imaginou quem joga lixo num rio? Quem descarta esgoto no rio? Pois é, essa barbaridade, por mais ações de conscientização ambiental que exista, ainda é recorrente em Cascavel.

Esse cenário foi constatado no último sábado (21), por membros da JCI Cascavel, durante o Dia Mundial da Limpeza, evento que reuniu centenas de pessoas e entidades parceiras, com o intuito de revitalizar a Praça da Fonte Santa Maria, localizada na esquina da rua Santa Catarina com a rua Marechal Deodoro, em Cascavel. “Nossa, ficamos impressionados com a quantidade de lixo que encontramos ao longo da margem do rio que abastece a fonte da praça. Foi um trabalho que começou lá baixada da rua Cuiabá, e veio vindo, pela margem do rio, até a rua Santa Catarina. Em pouco mais de quatro quadras, retiramos tanto lixo que não conseguimos carregar até o ponto de encontro”, relatou a presidente da JCI Cascavel, Eveline Thomas. “O que impressiona ainda mais é que ao longo do rio, há encanamentos de esgoto irregular que deságua diretamente no rio. Um absurdo”, continuou ela.

Munidos do relatório dessa ação, a diretoria da JCI Cascavel marcou uma reunião com o Secretário de Meio Ambiente de Cascavel, Wagner Yonegura, para cobrar providências e acima de tudo, se prontificar a ser parceira do município em prol da conscientização ambiental. “A JCI Cascavel é uma entidade integradora entre os setores da sociedade, voltada principalmente ao terceiro setor, que é aquele que não tem objetivos financeiros, mas que mexe diretamente com a vida de todos nós, como no caso do meio ambiente”, destacou Eveline.

“Temos que ser parceiros de entidades, do município e de todos esses atores sociais que transforma, para melhor nossa realidade. É nossa função”, lembrou Christofer Farias, que irá assumir a presidência da JCI Cascavel no ano de 2020 e que esteve na reunião na manhã desta quarta no gabinete do secretário.

Ações efetivas

O secretário Wagner Yonegura enalteceu o empenho da JCI Cascavel em prol do meio ambiente. “É louvável que jovens líderes como vocês esteja olhando para isso, algo tão importante para todos, que é o meio ambiente. Temos vários projetos em andamento, mas o que posso adiantar de concreto, é que em parceria com a Sanepar, iremos sim atuar nos rios urbanos, de maneira a conscientizar e até multar, se preciso for, esse tipo de irregularidade”, frisou ele.

Durante a reunião, o secretário pediu que a JCI Cascavel seja sim solidária à causa do meio ambiente, já que é tão importante a participação do maior número de pessoas. “Essa questão que vocês nos trouxeram serão vistas, sim. Mas a continuidade disso é também importante. Por isso gostaria mesmo que em ações que formos fazer, você estejam presentes”, reforçou.

“Uma conversa bastante produtiva que irá, com certeza gerar bons frutos. Essa é a missão da JCI Cascavel: contribuir, de forma efetiva, para uma sociedade melhor”, finalizou Eveline.

Um comentário em “JCI Cascavel apresenta relatório para a Secretaria de Meio Ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *