Grêmio e Flamengo iniciam disputa por vaga na final da Libertadores

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Em duelo que promete parar o Brasil às 21h30 desta quarta-feira, Tricolor e Rubro-Negro medem forças no primeiro encontro pela semifinal do torneio continental

Em contrapartida, o comandante gremista adotou discurso um tanto quanto mais ousado em relação ao tema. Sem deixar de elogiar os cariocas, ele fez questão de ressaltar a força da sua equipe nos últimos anos.

O Flamengo é uma máquina. É uma Seleção Brasileira. Hoje, são as duas melhores equipes do Brasil. Mas, o Flamengo joga assim durante quatro meses. O Grêmio joga assim há quatro anos – analisou Renato Portaluppi.

Com dois convocados de cada lado para a Seleção Brasileira, Grêmio e Flamengo atravessam momentos empolgantes na temporada. Líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro está invicto há nove rodadas. Enquanto o Tricolor (antes de ser derrotado com o time reserva pelo Fluminense) vinha de quatro triunfos consecutivos por goleada. Juntos, eles somam 197 gols na temporada, os melhores ataques do Brasil.

Mas, no cenário internacional, o time comandado por Renato Portaluppi é um dos grandes serem batidos nos últimos anos. Tricampeão em 2017 e campeão da Recopa em 2018, o Imortal chega a sua terceira semifinal consecutiva de Libertadores.

Em primeiro lugar no Grupo D, o Flamengo chega à fase semifinal com cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Foram 16 gols marcados e oito sofridos. Já o Grêmio avançou em segundo no Grupo H, somando até aqui seis vitórias, um empate e três derrotas. São 15 bolas nas redes adversárias contra seis sofridos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *