Fundetec e Tecpar assinam termo de cooperação científica

Objetivo é fortalecer a articulação institucional entre as duas instituições visando o desenvolvimento, capacitação, transferência de conhecimento, prestação de serviços e compartilhamento da infraestrutura e equipamentos.

“ A Fundetec é Tecpar, e eu fiquei muito feliz porque o presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná disse que o Tecpar também  é Fundetec. Na verdade é a junção de duas grandes estruturas  com profissionais  altamente capacitados e equipamentos. A gente une estas duas forças possibilitando mais incentivos, mais oportunidades para as cadeias produtivas, para os laboratórios e incubadoras. Quem estiver aqui na Fundetec está no Tecpar e vice-versa. É uma oportunidade muito boa. Nós tínhamos apresentado esta demanda para o governador no início de 2019 e hoje aqui no Show Rural está sendo consolidada”.

A afirmação foi feita pelo prefeito Leonaldo Paranhos que participou hoje (04) no estande da Fundetec, no Show Rural, da assinatura do termo de cooperação técnica/cientifica entre o Tecpar e a Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel.  “Este termo de cooperação abre uma grande oportunidade para o empreendedorismo e para a inovação na região  oeste do Paraná. Esta parceria abre uma série de portas e de caminhos, possibilidades e oportunidades que são criadas para o empreendedor de inovação. Esta parceria vai trazer muitos frutos com a possibilidade de novas empresas e start-ups com potencial de inovação se  desenvolverem e estabelecerem  na nossa região”, disse o presidente da Fundetec, Alcione Gomes.

O termo tem o objetivo de estabelecer a cooperação técnica e científica no âmbito de interesse e competência das duas instituições e fortalecer a articulação institucional entre as mesmas, visando o desenvolvimento, capacitação, transferência de conhecimento, prestação de serviços e compartilhamento da infraestrutura e equipamentos. O presidente do Tecpar, Jorge Augusto Callado Afonso, disse que o termo de cooperação é muito importante para o Instituto de inovação e Tecnologia do Paraná que não poderia prosseguir suas atividades sem ter esta cooperação com a Fundetec. “É um acordo importante de empreendedorismo tecnológico para gerar novas soluções, empregos de alto impacto, novos negócios também e trazer soluções para os munícipios. Hoje iniciamos nosso programa na área energética com a nossa microrrefinaria de biometano e também com a questão dos nossos mosquitos que combate a dengue. São duas ações iniciais na área energética e na área de saneamento ambiental e pretendemos expandir nossas ações conjuntas com a Fundetec”, disse.

Alcione Gomes  concluiu falando que além deste termo, outras possibilidades de parcerias vão surgir. “Estamos  conversando com o Tecpar para ver a possibilidade de trabalharmos com as certificações de orgânicos, alimentos e outros que o Tecpar já tem expertise e está trazendo pra dentro da  Fundetec “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *