ENTÃO É NATAL

Na foto rev. Marialvo Rodrigues

“Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz”. (Fl. 2: 5-8)

Estamos prestes a comemorar mais um Natal. Refiro-me ao um Natal específico, que não é o natal comercial do Papai Noel, voltado para a exploração comercial de dar e receber presentes com a finalidade do lucro.

O Natal Cristão fala da vinda do Messias, anunciado por dezenas de profecias, para resgatar o ser humano, que já lá no paraíso rejeitou o projeto de vida plena na figura de Adão. Para tanto, Deus teve que assumir a natureza humana na pessoa de seu filho amado Jesus para efetuar essa obra redentora.

Quero fazer uma analogia para falar da ação de um Deus que despojou-se de sua glória divina, assumiu a condição de servo e humilhou-se a si mesmo, para nos resgatar: É sabido que a comunicação entre as formigas se faz através de substâncias químicas denominadas feromônios, pois elas não escutam e nem emitem som. A comunicação dá-se através do substrato do feromônios pelo contato físico da boca e das pernas quando elas cruzam uma com a outra no caminho. Assim, em sã consciência, como seria possível alguém se comunicar com as formigas para passar qualquer tipo de aviso ou informação, a não ser, elas próprias.

Da mesma forma, Jesus assumiu a nossa natureza humana, tornou-se um de nós, porém sem pecar, para nos conduzir de volta para a casa do Pai, de onde um dia nós saímos. Agora definitivamente, como filhos e filhas herdeiros de um Reino Eterno. Esse é o Verdadeiro Presente de Natal!

IGREJA ANGLICIANA NO BRASIL

Texto/Rev/Marialvo Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *