Ensino domiciliar será debatido em audiência pública

Foto Meramente Ilustrativa

A Câmara Municipal de Cascavel realizará na próxima semana, uma Audiência Pública através da qual será debatido sobre a regulamentação da Educação Domiciliar, também conhecida como Homeschooling, através do Substitutivo nº 1 de 2019 ao Projeto de Lei 113 de 2019, de autoria do vereador Olavo Santos (Podemos). A audiência acontecerá no dia 05 de dezembro a partir das 08h, no Plenário da Câmara Municipal.

Para debater sobre o tema, entre autoridades e lideranças ligadas a área da educação, também foram convidados o Juiz da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Cascavel, Dr. Fabricio Priotto Mussi, o Promotor da Infância e da Juventude do Estado do Paraná, Dr. Luciano Machado de Souza, o Procurador da República, Dr. André Borges Uliano e o Presidente da Associação Nacional de Educação Domiciliar (ANED), Ricardo Dias.

Segundo o vereador Olavo Santos a motivação da audiência é devido à regulamentação da modalidade de ensino que já é praticada por muitas famílias em Cascavel. “Há a necessidade de proporcionar maior segurança por parte das autoridades competentes, garantindo assim os direitos de as famílias serem protagonistas do ensino dos filhos com reconhecimento e maior igualdade perante aos demais estudantes”, afirma.

De acordo com o vereador, a Educação Domiciliar (Homeschooling) é uma modalidade mundialmente utilizada como uma alternativa ao ensino tradicional, o qual oferece aos pais e/ou tutores a possibilidade de educar seus filhos em casa, proporcionando-lhes um ensino singular e personalizado, o que favorece um maior aproveitamento e desenvolvimento de suas aptidões naturais.

Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *