Encerramento do Projeto Yoga Laboral para servidores públicos surpreende nos resultados

A prefeitura de Cascavel adotou a prática entre os servidores e os resultados se mostraram expressivos em diversos aspectos

O prefeito Leonaldo Paranhos, os secretários de planejamento e gestão, Edson Zorek e da Cultura, Ricardo Bulgarelli , a diretora do departamento de gestão de pessoas, Vanilce Pohl  e servidores , participaram ontem (10), no auditório da prefeitura de Cascavel, do encerramento das atividades da primeira fase do projeto piloto Yoga laboral, iniciado em novembro do ano passado.

Inicialmente o projeto atendeu  aos servidores das UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento) e Secretaria de Finanças de Cascavel.  O objetivo foi trabalhar aspectos como autocontrole, respiração e equilíbrio entre os servidores. O Projeto Yoga Laboral teve duração de três meses  e foi realizado duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras, sob a orientação da professora Crislaine Branco, e contou com 150 participantes. “ Oferecer aos servidores um bom ambiente de trabalho com práticas que podem refletir em suas vidas é gratificante. O projeto yoga laboral veio justamente para isso e como os resultados foram satisfatórios vamos  dar continuidade, vamos ampliar para outas secretarias e inclusive estamos pensando em levar esta prática também para os nossos idosos. Lá no Parque Tarquínio, vamos ter a cidade do idoso, dentro do nosso programa FeliCidade do Idoso e vamos oferecer a eles também esta oportunidade”, disse o prefeito Leonaldo Paranhos.

O secretário de planejamento e gestão, Edson Zorek completou falando que “ esta prática  está incluída no programa de valorização do servidor, instituída pelo prefeito Paranhos ainda no início da sua gestão.  Nós temos mais de 30 ações dentro deste projeto de valorização dos servidores. A yoga veio ao encontro desta necessidade. As pessoas as vezes não sabiam como conduzir determinadas situações, com nível de estresse alto, e o yoga veio pra somar, como uma ferramenta de trabalho, dando condições para o servidor público, de fazer um atendimento humanizado e cumprir aquilo que o prefeito Paranhos tem solicitado para nós, uma gestão humanizada”.

Os resultados mostraram melhoras expressivas em todos os aspectos trabalhados dentro das práticas.  “O que mais ouvimos em termos de resultados é com relação à volta de um estado de equilíbrio mental, mas também questões físicas e orgânicas, como o funcionamento do intestino e a reabilitação do sono”, disse Vanilce Pohl, diretora do  Departamento de Gestão de Pessoas.

Durante o encerramento dessa fase do projeto, foi anunciada a sua continuidade em 2020, que terá como foco os setores de saúde – já iniciado -, educação e segurança. “Vamos conseguir perpetuar, a princípio com os professores de educação infantil,  e na sequência estudaremos as outras secretarias para que também sejam prestigiadas com esse projeto”, explica a coordenadora do setor de promoção à saúde do servidor, Tania Maeda.

A prática e seus benefícios

A atividade busca união do ser humano ao ambiente no qual ele vive e harmonizar o corpo com a mente e a respiração, por meio de técnicas de respiração, posturas e meditação. Por muito tempo foi uma prática desconhecida ou pouco conhecida pela população, como conta a professora Crislaine Branco, com mais de 25 anos de experiência na área. “É um sonho antigo poder popularizar o Yoga, disseminar isso, que ficou por muito tempo elitizado ou reservado a pequenos grupos. E a gente sabe que a população precisa, a população merece essa consciência toda, esses ensinamentos”.

Os benefícios da sua prática são diversos: trabalha as emoções, ajuda as pessoas a agir de acordo com seus pensamentos e sentimentos, além de trazer um profundo relaxamento, concentração, tranquilidade mental, melhorar o equilíbrio e a postura, proteger a coluna, prevenir dores nas articulações e promover o fortalecimento do corpo físico e o desenvolvimento da flexibilidade. Além de outros benefícios testemunhados pelos servidores que se dispuseram a realizar as aulas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *