Educação e Território Cidadão avaliam áreas para projeto de escola e Cmei

Objetivo é atender comunidades localizadas nas regiões do Lago Azul, Mantovani e Belmonte

A secretária municipal de Educação, Marcia Baldini, o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o Cocão, o engenheiro da Educação, Thiago Alves Cardoso, o gerente do Território Cidadão, Ailton Lima, e o presidente da Associação de Moradores do Bairro Lago Azul, Roberto Zorzan, visitaram nesta quinta-feira (19) áreas na região dos bairros Lago Azul, Mantovani e Belmonte, para a elaboração futura de projetos para construção de um Cmei (Centro Municipal de Educação Infantil) e uma escola municipal.

“Nos reunimos com esta comunidade na última semana para discutir esta demanda levantada pelas famílias. O Território Cidadão foi convidado a conhecer estas necessidades e apresenta-las à Secretaria de Educação”, explicou Cocão.  Sensível a este pedido dos pais, a secretária Marcia Baldini e o engenheiro da Semed, Thiago Alves Cardosos, estiveram visitando áreas que pertencem ao Município e que foram levantadas pela Associação de Moradores e Território Cidadão para a elaboração de projetos que serão encaminhados ao Ministério da Educação para aprovação.

“Entendemos a dificuldade dos pais que moram nesta região que está crescendo muito em razão dos novos loteamentos. Por isso, o prefeito Paranhos está sensível a esta situação e viemos até aqui para ouvir a comunidade e estudarmos projetos que beneficiem a todos”, disse a secretária Baldini. O presidente da Associação de moradores do bairro Lago Azul, Roberto Zorzan, destacou que “conhecemos as dificuldades dos pais e entendemos que estas não serão obras  que acontecerão de imediato, mas já é uma ação que começa a acontecer e nos enche de esperança. Um Cmei no Lago Azul e uma escola municipal no Belmonte, ajudaria muito os pais que precisam ir até o bairro Morumbi para levar seus filhos à escola. E, estas  instituições aqui facilitariam muito a vida de todos”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *