Covid-19: Por prevenção, Atenção Especializada suspende parte dos serviços

Cenário de pandemia levou Secretaria de Saúde a reorganizar serviços especializados
As divisões de Saúde Mental e de Atenção Especializada suspenderam parte dos serviços por conta do cenário de pandemia devido ao avanço do coronavírus (Covid-19). A partir desta segunda-feira (23), ficam suspensos os atendimentos presenciais no Centro Especializado de Atenção à Saúde do Neonato, Criança e Adolescente, o Ceacri.

No Ceacri, será monitorado, via telefone, casos agudos conforme fluxo de atendimento já estabelecido pelo município. Devido à particularidade, o ambulatório de nutrição infantil será remanejado e atenderá, quando necessário, no Centro de Atendimento Especializado (CAE).

Já o CAE atenderá apenas pacientes referenciados ao Ambulatório de Nutrição – infantil e adulto – com a finalidade de renovação de protocolos de dietas e fórmulas especiais, bem como gestantes pertencentes ao Ambulatório de Gestação de Alto Risco. Esse atendimento será, preferencialmente, via telefone.

Os pacientes do Ambulatório de Oxigenoterapia do CAE também serão monitorados por telefone e, quando indicado pelos profissionais do serviço, referenciados para atendimento presencial. Os demais atendimentos eletivos do CAE (ambulatórios de endocrinologia, dermatologia, geriatria, urologia, proctologia, pequenos procedimentos e curativos) estão suspensos.

Cedip

Os procedimentos eletivos no Centro Especializado de Doenças Infecto-Parasitárias (Cedip) estão cancelados. Os pacientes serão monitorados por telefone. Atendimento presencial somente acontecerá em casos indicados após avaliação via contato telefônico. Será realizada vacinação para o público atendido pelo serviço.

Também estará suspenso o atendimento no Laboratório Municipal que atenderá somente quando referenciado pelos serviços de saúde. Já o Programa de Assistência e Internamento Domiciliar (PAID) manterá suas equipes em atendimento.

Saúde Mental

Com relação aos atendimentos de saúde mental, serão suspensos os atendimentos prestados pelo CAPSad, CAPSi e CAPS III. Os profissionais de psicologia farão acompanhamento por vídeo e áudio (whastsapp) ou ligação telefônica. Serão priorizados os casos considerados graves.

O Centro de Atenção em Saúde Mental (CASM) não terá seus atendimentos ambulatoriais presenciais. Psicólogos  e médicos atenderão na modalidade on-line.

Aos pacientes atendidos pelos serviços de saúde mental que necessitam de renovação de receitas de medicação de uso contínuo, as equipes farão a renovação sem necessidade de atendimento presencial. Os pacientes serão avisados do local para a retirada da mesma.

Pacientes com transtornos psiquiátricos, crianças, adolescentes e adultos que derem entrada nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), após o primeiro atendimento após a estabilização serão encaminhados para o CAPS III para continuidade do tratamento, observação longa e necessidade de internamento hospitalar. O CAPS III funcionará na modalidade de observação longa. Se o paciente apresentar sintomas de Covid-19 será seguido por protocolo municipal de atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *