COMO USAR OS DONS Rm. 12: 01-08

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (v.2)

Este texto mostra onde a batalha da santificação começa: a mente. Muitos se converteram, mas o Evangelho não alcançou os rincões das preferências pessoais, das opções ideológicas, dos gostos mentais. Tudo continua como antes. Paulo nos desafia a não nos deixarmos amoldar pelos modismos contemporâneos, mas transformar a nossa mente, renovando-a. Pôr o Reino de Deus como princípio controlador da nossa nova existência. Fazendo isso poderemos apresentar nossos corpos a Deus como sacrifício vivo e agradável. E isto vai se manifestar no exercício dos dons. É profecia? Que seja exercida segundo a fé que foi dada, para que ela se cumpra. É ministério? Se o Senhor nos deu a possibilidade de servir a Ele e a Igrejas que seja com dedicação. É ensino? Que haja esforço consciente de fazer isso cada vez melhor, não para a fama do mestre, mas para edificação dos que ouvem. É exortação? Que seja para que o exortado aprenda e cresça e não para que a exortação o destrua. É contribuição financeira? Com liberalidade, sabendo que a fonte do que você tem é Deus, e ele vai cuidar de você. É liderança? Que mostre isso com diligência de procurar servir aos outros, não a si mesmo e aos seus próprios sonhos. É misericórdia? Que seja exercida com alegria, pois você está fazendo algo que é característico do seu Pai, que é rico em misericórdia. Aqui você terá um bom guia para o uso do seu dom. Abençoe outros.

IGREJA ANGLICANA EM CASCAVEL

TEMPO COM DEUS

Rev. Marialvo Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *