Comissão de Educação encerra ano com balanço positivo de atividades

Foto: Marcelino Duarte/ Assessoria CMC

A Comissão de Educação da Câmara Municipal de Cascavel faz um balanço positivo do ano, fundamentada numa lista de atividades intensas realizadas durante 2019. O presidente da Comissão, vereador Carlinhos Oliveira (PSC) diz que a sensação, ao final do ano, é de dever cumprido. “Tivemos um ano muito intenso, trabalhamos muito e, ao final, os dados mostram que colaboramos com a qualidade da educação no município”, resume. A comissão é composta ainda pelo vereador Paulo Porto (PCdoB), como secretário, e Olavo Santos (Podemos), membro.

Ao longo do ano, a Comissão expediu 140 ofícios, apresentou 32 requerimentos e teve pelo menos 40 reuniões ordinárias. Um dos destaques no relatório final da comissão, foram as mais de 60 visitas de fiscalização realizadas nas unidades escolares, especialmente aquelas que passaram ou estão passando por reformas e ampliações. “Estivemos em cada uma dessas unidades, vendo de perto o andamento e a qualidade das obras. Também atuamos em questões fundamentais, como transporte escolar rural, Fundeb, o fundo municipal e também junto ao conselho municipal”, diz o vereador.

Carlinhos destaca que a comissão também priorizou algumas bandeiras de luta ao longo do ano, como o caso das obras das duas unidades cujas obras dependiam também de recursos federais e estavam paralisadas. “Fizemos fiscalizações, nos mobilizamos, e com o empenho da Secretaria de Educação, conseguimos a retomada das obras”, lembra o vereador, referindo-se às Cmeis do 14 de novembro e do Terra Nova. “Não resolvem as filas de crianças que ainda aguardam vagas em nossa rede. Mas juntas atenderão mais de 400 crianças, o que já alivia a lista”, comenta.

Outra bandeira de destaque pela comissão ao longo do ano foi quanto ao piso dos professores. “Essa é uma luta que mantemos junto com a classe. Queríamos um avanço maior, mas conseguimos avançar nesse período e esperamos avançar ainda mais. Assim também é em relação a presença do profissional de educação física nas escolas. Esperamos avançar nessa questão também. Mais do que criar o cargo, queremos esses profissionais em nossas escolas, garantindo atendimento específico de qualidade às nossas crianças da rede”, comenta.

Conforme o relatório da Comissão, as pautas, ao longo do ano passaram por temas como o transporte escolar rural, obras, reformas e acessibilidade nas unidades de ensino, visitas nas unidades urbanas e do campo, uniformes, piso nacional dos professores, Programa de Combate à Evasão Escolar, professores de apoio pedagógico, formação de professores, acompanhamento dos conselhos e demais atividades da rede municipal de ensino, acompanhamento do Plano de Ação da SEMED, fiscalização às obras, acompanhamento das licitações na área da educação, participação na Comissão de Monitoramento e Acompanhamento do Plano Municipal de Educação, participação na Conferência Municipal de Educação, Mostra de Educação 2019, Seminário dos Conselhos Escolares, Seminário da Educação do Campo, além dos Seminários participamos também das Audiências públicas da Educação, como as três audiências a reformulação do currículo Municipal.

Neste ano, além dos mais de 140 ofícios encaminhados, sobre as demandas, a Comissão elaborou 32 requerimentos, 3 indicações, 10 pareceres, uma moção, e ainda promoveu uma audiência pública.

A comissão ainda teve participação em diversos eventos relacionados à temática educacional no âmbito municipal, como conferências municipais, audiências públicas, seminários, reuniões de conselhos, acompanhamento da lista de espera dos Cmeis (CADUN), participação no monitoramento do Plano Municipal de Educação – PME, organização de audiências públicas e de seminários. Foram mais 60 visitas e fiscalizações em unidades escolares; visita técnica às escolas e Cmeis tendo realizado fiscalização em todas as unidades que passam por reformas e acompanhado de perto o andamento das mesmas.

Fonte/Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *