Com proximidade do Carnaval, Cedip intensifica prevenção das infecções sexualmente transmissíveis

Por mês o Cedip distribui cerca de 30 mil preservativos na cidade e neste período de carnaval o número dobra devido a grande quantidade de estabelecimentos visitados pelos agentes de saúde

O Carnaval este ano acontece no dia 25 de fevereiro, mas o Cedip( Centro Especializado de Doenças Infecto-Parasitárias) já iniciou os trabalhos de distribuição de preservativos e material informativo sobre a prevenção de ISTs (Infecções  sexualmente transmissíveis) como  o HIV, causador da Aids.

Em Cascavel já foram visitados mais de 50 estabelecimentos com atividades para este feriado de carnaval e disponibilizados preservativos e material informativo aos frequentadores. “Este é um período em que nossa atenção se volta aos foliões, porque algumas pessoas abusam da bebida e de outras drogas e acabam esquecendo de se proteger. A prevenção deve ser pensada sempre, em qualquer situação. E, a melhor barreira para  evitar infecções  sexualmente transmissíveis é usando preservativo”, disse a coordenadora do Cedip, JosanaDranka.

Josana orienta sobre as medidas a serem adotadas caso o preservativo não tenha sido usado. “O ideal é procurar o serviço de saúde, fazer os exames para ver o que ainda dá para prevenir, seja com o parceiro eventual ou parceiro fixo”, diz.

Para evitar o aumento no número de casos de IST/Aids, o Cedip também está usando as redes sociais para divulgar a prevenção, testagem rápida e para os casos com diagnósticos positivos para Aids, é oferecido tratamento gratuito.

Por mês o Cedip distribui cerca de 30 mil preservativos na cidade e neste período de carnaval o número dobra devido a grande quantidade de estabelecimentos visitados pelos agentes de saúde.  “Nós trabalhamos o ano todo com a prevenção de IST/Aids  e mesmo com todo trabalho que fazemos, em 2019 registramos 267 novos casos  de HIV/Aids e desde o início deste ano até agora já são 33 casos. A mensagem que  deixamos é: informe-se, use camisinha, faça o teste de HIV, você e seu parceiro e se não usou preservativo procure o serviço de saúde para uso da PEP(Profilaxia Pós-Exposição). Quando pessoas têm relação sexual sem preservativo e não sabem se o parceiro tem ou não HIV, ela pode fazer uso da PEP que deve ser tomada em no máximo 72 horas pós-exposição. E deve ser ingerida por 28 dias. São cuidados muito importantes porque em Cascavel foram registradas no ano passado 11 mortes por Aids. Em 2018 foram 20 registros, 10 em 2017 e 12 em 2016.Não corra riscos, não tenha preconceito. Use sempre camisinha. Faca o teste e tenha um bom Carnaval”, concluiu Josana.

Endereço Cedip

Para entrar em contato com o Cedip o telefone é (45) 3392-6420 e se você precisar de atendimento em geral, ou outras informações sobre marcação de consultas, agendamento médico ou de exames, emissão de guias ou outras questões, o endereço do Centro Especializado em Doenças Infecto-Parasitárias de Cascavel é rua Cuiabá, 2340, centro.

O atendimento é de segunda à sexta das 07 às 19h. Para teste rápido HIV, Sífilis, hepatite B e C de segunda à quarta das 07 às 12h e na quinta feira das 7 às 17h. O atendimento é gratuito.

Informações também podem ser obtidas pelos links https://www.facebook.com/cedipcascavel/ e ainda www.ais.gov.br.dip

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *