Asfalto novo garante mais qualidade de vida em Cascavel

Cascavel está investindo R$ 18,8 milhões em pavimentação urbana em dez grandes contratos de financiamento com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas. Os recursos estão pulverizados em vários bairros do município e são fundamentais para alargar, modernizar e revitalizar algumas das principais artérias do comércio e ruas importantes de bairros populosos.

“Os investimentos em Cascavel são necessários porque a cidade se desenvolve rapidamente. É dever do Estado ajudar a impulsionar esse movimento”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Pavimentação urbana sempre é uma demanda necessária, urgente, porque é do dia a dia das pessoas. Estamos cuidando para garantir os recursos necessários para modernizar ainda mais o município”.

Estão em obras, ou projetos bem avançados, em maior ou menor estágio, as revitalizações da Avenida Amazônia (R$ 365,8 mil), Avenida Gralha Azul (R$ 1,3 milhão), Avenida Interlagos (R$ 1,5 milhão), Rua Itália (R$ 1,9 milhão), Avenida Papagaios (R$ 2,1 milhões), Rua Xavantes (R$ 1,033 milhão), Ruas Plínio Salgado e Manoel Ribas (R$ 1,6 milhão) e Avenida Piquiri (R$ 2,3 milhões).

Além disso a pavimentação alcança dois grandes lotes que envolvem as ruas Balzac, Jean Piaget, Jean Paul Sartre, Henfil, Pedro Gurgacz, Silverstone, Thomas Edison, Homero, Adolfo Garcia, Macieira, Jaqueira, Rio Gonçalves, Mamoeira, Rio Borá, Zambourt, Poente do Sol, Amazonas, Rio Grande do Norte, Hermes Verssaro, Alfredo Dalmina, Pará e Emilia Galafassi (R$ 5,1 milhões) e Rua das Palmeiras, Beira-Rio, Pernambuco, Paraná, Recife e Elvira Saraiva (R$ 1,4 milhão).

“Estamos investindo em quase 2 mil quilômetros de pavimentação urbana nos 399 municípios. É o maior pacote da história do Estado. Isso melhora a vida nos municípios, gera emprego e facilita o comércio. Temos o compromisso de tornar as cidades paranaenses cada vez mais modernas e conectadas”, afirma o secretário de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega.

“Estamos tentando pavimentar 100% da cidade. Algumas dessas são pequenas ruas que ainda estavam sem asfalto. E escolhemos reurbanizar as principais ruas dos bairros, onde tem comércio forte, para ajudar a descentralizar esse setor pela cidade”, acrescenta Sandro Camilo Rocha Rancy, diretor do Departamento de Obras Públicas da Secretaria de Serviços e Obras Públicas de Cascavel.

EXEMPLOS –Oscar Rodrigo dos Santos, 61, aposentado, mora há 14 anos no bairro Santa Cruz. A revitalização da Rua Xavantes, a principal rua da região, entre a Tito Muffato e a Avenida Brasil, é fundamental para encerrar um histórico de improviso. “Era uma rua muito estreitinha, agora está melhorando. Para passar dois carros ao mesmo tempo, antes dessa mudança, era difícil”, afirma. “Essa revitalização vai nos ajudar bastante nos próximos anos”.

Natalino de Alcântara, 55, mora há 20 anos nesse bairro. “Era péssimo antes desse novo asfalto. Já vi vários acidentes por aqui. Agora estão ampliando a rua, alargando, fazendo asfalto mais firme. Era um asfalto muito fino antes, muito primário, agora estão reforçando”, completa.

Além da nova Xavantes, a região foi contemplada com o Parque Linear do Córrego Bezerra, que recebeu investimento de R$ 13,2 milhões da Itaipu Binacional. Ele conta com pista de caminhada e espaço para exercícios. É um pequeno ponto verde em uma baixada do município, que ajudará no escoamento das águas das chuvas.

Outra reforma importante é na Avenida Gralha Azul, no bairro Guarujá, perto do aeroporto municipal. Francarlos Gonçalves de Araújo, proprietário de uma auto-elétrica nessa rua, comemora o investimento. “Estão alargando a rua porque o fluxo de veículos é grande, o trânsito é bem intenso. Agora também terá acostamento, que antes não tinha. A rua é comercial, mas o bairro é bem residencial”, afirma. “É uma boa mistura. Vamos nos adaptar rápido à modernidade desse novo asfalto”.

Alex Sandro Soares, proprietário de um mercado há cinco meses na Gralha Azul, ainda não experimentou a normalidade porque o ritmo é de espargidores, rolo-compressores, escavadeiras e motoniveladoras. Essa é uma das três principais avenidas dessa região. “A rua era muito estreita, complicada de passar. Mas logo essas obras terminam e vai melhorar bastante a nossa situação. Estão fazendo acostamento e meio-fio, deixando-a de primeiro mundo”, afirma.

Outras intervenções importantes são na região Norte, como nos bairros Floresta e Interlagos, que têm crescido vertiginosamente. A revitalização da Avenida Papagaios, que tem comércio intenso e diversificado, ajuda a melhorar o setor de serviços, enquanto as ruas inspiradas nos circuitos da Fórmula 1 ou em grandes pensadores da história receberam mais infraestrutura urbana.

PAVIMENTAÇÕES – Já há mais R$ 8 milhões autorizados para licitação no município. As obras estão contratadas e serão direcionadas para os bairros Cascavel Velho, Santa Felicidade, 14 de Novembro e Canadá.

AVENIDA BRASIL – O Governo do Estado também já formalizou um convênio com a prefeitura de Cascavel para reurbanização de um trecho de 1,8 quilômetro da Avenida Brasil, principal via de acesso à cidade, entre a Rua Corbélia e o Trevo Cataratas. O investimento por parte da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística na obra é de R$ 5,28 milhões. A contrapartida municipal será de R$ 277 mil.


Cascavel é contemplada com diversas iniciativas do Estado

Cascavel é um dos municípios mais populosos do Estado e principal polo econômico e industrial do Oeste, e tem recebido investimentos vultuosos do Governo do Estado. Eles melhorarão a infraestrutura urbana, acesso à água tratada e à saúde.

Uma delas é a barragem de captação de águas no Rio São José, na comunidade de São Salvador. O ponto azul e amarelo no mapa dos arredores do município incrementará o abastecimento do município em 25% na próxima década. O investimento da Sanepar é de cerca de R$ 72 milhões e engloba, ainda, a ampliação da estação de tratamento de água e das estações elevatórias de água, localizadas nas margens do Rio Cascavel.

A Sanepar também investiu em um reservatório com capacidade para armazenar 2 milhões de litros de água para a região Norte de Cascavel. A nova estrutura aumentará em 200% a reserva de água em uma das áreas que mais cresce no município. O novo reservatório será o 26º do município. Ele está localizado na esquina da Avenida das Pombas com a Rua Bem-te-vi, no bairro Floresta, e vai atender cerca de 12 mil residências na própria região e nos bairros Riviera, Florais do Paraná, Consolata, Brasília e Periollo.

Outra obra fundamental da região foi o Aeroporto Coronel Adalberto Mendes da Silva, entregue neste ano. A intervenção completa engloba a revitalização e duplicação de 2,2 quilômetros da Avenida Itelo Webber com novo sistema de iluminação; seis quilômetros de cerca; estacionamento para 398 automóveis; sistema de drenagem da água da chuva do sítio aeroportuário; novo pátio de estacionamento das aeronaves com piso de concreto; iluminação em LED; um novo terminal de passageiros com cinco portões e dois pavimentos; dois fingers; mobiliário aeroportuário, equipamentos de informática e novas esteiras; deslocamento dos nove hangares particulares para uma nova área dentro da faixa de segurança; e demolição da estrutura atual, construída nos anos 70.

O Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisop) ganhará uma nova sede, que deve ser inaugurada neste ano. O investimento de mais de R$ 3 milhões revolucionará o atendimento secundário em saúde para uma região de mais de 550 mil moradores.

Além disso, o governador Carlos Massa Ratinho Junior autorizou a ordem de serviço e as desapropriações para o início da reconfiguração do Trevo Cataratas. O entroncamento é um dos maiores gargalos rodoviários do Estado e os dois novos viadutos vão facilitar o fluxo de cerca de 45 mil veículos que circulam pelo local diariamente. A expectativa para conclusão da obra é de dois anos e o investimento é de R$ 82 milhões.

Além das grandes obras a parceria também envolve um novo ginásio no Distrito de Juvinópolis e um Condomínio do Idoso, que ainda está em fase de licitação.

Foto: Jose Fernando Ogura/AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.