Aprovada operação de crédito para financiar obras de educação

Foto: Marcelino Duarte/ Assessoria CMC

O projeto de lei 161/2019, que autoriza o Executivo a contratar crédito de R$ 28 milhões para obras e melhorias em unidades de educação, foi aprovado hoje (16), por unanimidade, pela Câmara Municipal.

A operação de crédito será tomada junto ao Banco do Brasil, com garantia da União, dentro do Programa de Construção e Reforma de Unidades Escolas. Além de obras de reformas e ampliações em Escolas e Cmeis, os recursos podem ser utilizados na aquisição de móveis, equipamentos e veículos.

Segundo o Executivo, que apresenta um programa de obras e melhorias em 17 unidades escolares, a busca de novas fontes de financiamento é necessária em razão do valor vultoso do custo das melhorias previstas.

A previsão de investimentos para obras a serem contempladas com o financiamento, tem 17 unidades listadas, em diversos bairros de Cascavel. São elas a Cmei Arco Iris, no Cancelli; a Escola Municipal Maximiliano colombo, no Brasília; Ceavel, no Parque São Paulo; Escola Municipal Juscelino Kubitschek, no São Cristóvão; Escola Municipal Nicanor Schumacher, da Neva; Cmei Valério Baratter, do Santa Felicidade; Cmei do Campo de Rio do Salto, distrito de Rio do Salto; Cmei Castelinho, do Interlagos; Escola Municipal Dulce Perpétua Piorezan Tavares, do Brasília; Cmei Bairro Universitário, do Universitário; Escola Municipal Hermes Vezzaro, do Santo Onofre, Escola Municipal Florêncio Carlos de Araújo Neto, do Guarujá; Escola Municipal Maria Tereza Abreu de Figueiredo, do Santa Cruz; Escola Municipal Francisco Vaz de Lima, do Interlagos; Escola Municipal Aloysio João Mann, do Cancelli; Escola Municipal Edison Pietrobelli – Caic II, do Santa Cruz; e Cmei Espaço e Vida, do Santa Cruz.

Além das obras de reforma, estão previstas compras de computadores, multimídias, telas de projeção, scanners, impressoras, computadores para laboratórios, monitores, aparelhos de ar condicionado, equipamentos de alarme, equipamentos de parques infantis, cadeiras e veículos.

Fonte/Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *