Agência do Trabalhador divulga cronograma de trabalho pra este fim de ano

A unidade de Cascavel atenderá o público até o próximo dia 22
A Agência do trabalhador de Cascavel definiu o cronograma de trabalho e atendimento ao público neste fim de ano.

As atividades seguem normais até a próxima terça feira (22). No dia 23, a equipe de servidores da Agência desenvolverá atividades administrativas, sem atendimento ao público. O ponto facultativo acontece no dia 24 de dezembro, véspera de Natal. “ Nos dias 28, 29 e 30 de dezembro estaremos em recesso. Também estaremos  fechados no dia 31, que é véspera de ano novo e no dia primeiro de janeiro, que é o Ano Novo. Assim, nós voltaremos com atendimento normal aos trabalhadores, no dia 04 de janeiro”, explicou a gerente da agência, Marlene Crivelari.

Neste ano de 2020, a agência enfrentou muitas adversidades por conta da pandemia do coronavírus. Ficou 40 dias fechada  e se inovou para o atendimento ao público em serviços como encaminhamento do seguro desemprego sem atendimento presencial. “Sendo este benefício de grande necessidade do trabalhador, passamos a fazer as análises de notificações  via e-mail”, disse Marlene Crivelari.

Os servidores também precisaram se adequar às normas sanitárias vigentes para poder atender aos trabalhadores  e ainda assim, a agência, que viu cair o preenchimento das vagas disponibilizadas, visto que a procura diminuiu, conseguiu contornar  a situação.

Na contramão do restante do país, Cascavel conseguiu manter a oferta de vagas de trabalho buscando  esta mão de obra  em pontos descentralizados de atendimento aos trabalhadores no centro da cidade.  Prova disso são os números registrados até o mês de novembro, quando foram feitos  24.414 atendimentos  e viabilizadas 3.795 colocações no mercado de trabalho.

A Agência do Trabalhador de Cascavel está entre uma das mais eficientes  do Estado. “Apesar de todas as dificuldades enfrentadas devido a adaptação pela qual a Agência e os servidores tiveram que passar, mudamos a forma de atendimento conforme orientação dos órgãos de saúde e podemos dizer que, apesar das dificuldades,  2020 foi um ano bom para Agência”, disse  Marlene.

Oferta de vagas

Durante esse ano, mesmo com a pandemia, a oferta de vagas na agência do Trabalhador de Cascavel  não diminuiu. Os números apontam o registro de mais de mil vagas abertas.  Já a mão de obra qualificada ficou escassa neste período.  A falta de estabilidade em empregos anteriores e baixa escolaridade foram fatores que dificultaram o preenchimento das vagas.

Para manter as ofertas de empregos, a Agência fez um trabalho junto aos empresários, ofertando os serviços e demonstrando a qualidade do trabalho realizado junto à comunidade.

“Assim ganhamos credibilidade e hoje temos parceria com grande parte das empresas de Cascavel e região. A falta de experiência do candidato não é empecilho para  deixarmos de fora do mercado este trabalhador. Nós procuramos sempre negociar com a empresa o requisito experiência e temos obtido bons resultados”. Conclui Marlene Crivelari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *