81,42% dos lotes são arrematados durante leilão eletrônico da Cettrans/Transitar

Companhia orienta compradores a aguardar o prazo legal necessário para que veículos sejam entregues desembaraçados de ônus
O primeiro leilão de veículos da Cettrans/Transitar deste ano arrematou hoje (18) 81,42% dos lotes ofertados. Devido ao Decreto nº 15.302 de 13 de março de 2020 – que dispõe sobre a suspensão de atividades sujeitas à aglomeração de pessoas no âmbito do setor público do Município de Cascavel em prevenção ao Covid-19 – o leilão presencial foi cancelado, de forma que os participantes puderam apresentar lances apenas de forma eletrônica. Dos 93 lotes de veículos em condições de circulação, 84 foram arrematados; dos 266 de sucatas, 122 foram vendidos.

Ao todo, o leilão arrecadou R$ 281.900,00. Caso haja inadimplência, o valor pode sofrer alterações. A nota será entregue junto com o bem arrematado. Do montante que for efetivado, a Companhia de Trânsito terá direito a 5% por força de contrato.

De acordo com o gerente da Divisão de Fiscalização de Trânsito da Cettrans/Transitar, Alex Sandro Vitório, este foi o primeiro leilão realizado exclusivamente de forma online, o que reduziu em cerca de 20% o volume de participação; apesar disso, a avaliação é positiva. Ele explica que, embora muitos compradores tenham ido hoje mesmo ao Pátio da Cettrans para retirar os veículos, a Companhia de Trânsito orienta a aguardar agora os trâmites legais para que os mesmos sejam entregues desembaraçados de ônus.

O prazo já previsto no edital é de 30 dias, podendo levar até 60. Tempo necessário para oficiar os órgãos responsáveis para a devida desvinculação de débitos (IPVA, licenciamento, multas, gravames e demais restrições) para que o veículo possa voltar à circulação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *